top of page

Nacionalidade nA RÚSSIA E NA UCRÂNIA

Atualizado: 13 de dez. de 2022

Você sabia que "nacionalidade" na Rússia e na Ucrânia é diferente de "nacionalidade" no Brasil?




MALIÉVITCH, Esportistas, 1928-1930. Óleo sobre tela. 142 x 164

Museu Russo, São Petersburgo, Rússia

 

Selecionamos alguns trechos do nosso livro ENSAIOS SOBRE A GUERRA Rússia Ucrânia em que o pesquisador Angelo Segrillo expõe essas diferenças, explicando que "um Estado com várias nações dentro de si cria algumas situações inusitadas politicamente".


Um "Estado com várias nações"? Não seria um país com várias etnias?


Aí é que ocorre a diferença, porque, conforme o professor Segrillo expõe, na maioria dos países eslavos, como na Rússia e na Ucrânia, "a nacionalidade (natsionálnost) de uma pessoa não tem nada a ver com o local onde nasce. Lá a nacionalidade é determinada pelo princípio jurídico do jus sanguinis (“direito do sangue”), ou seja, a nacionalidade de um bebê ao nascer é a nacionalidade do pai ou da mãe (pode escolher, caso sejam diferentes) e nada tem a ver com o local onde o bebê nasceu. Ou seja, o jus sanguinis eterniza as diferenças que, no Brasil, chamamos de étnicas, mas que, na Rússia e Ucrânia, são chamadas de diferenças nacionais, ou seja, entre nacionalidades diferentes. Na Rússia, por exemplo, há mais de cem nacionalidades (natsionálnosti) diferentes.


Por um lado, isso cria uma grande riqueza cultural (nesses países é possível ver dezenas de culturas diferentes de diversas nações), mas, por outro, gera também um potencial de conflito. Afinal, os Estados multinacionais são Estados em que convivem muitas nações diferentes. Enfatizo a palavra “nação” (nátsiia), pois é assim que lá são chamadas (em vez de meras diferenças étnicas, como denominamos no Brasil). E essas diferentes nações dentro do Estado tem aspirações e/ou exigências de direito a resguardar seu próprio modo de vida e cultura, ter escolas e instituições em suas próprias línguas, ter autonomia para sua cultura em determinadas áreas etc." (SEGRILLO, Angelo)


A partir dessa particularidade, observada pelo ponto de vista de quem estuda o mundo eslavo a partir de sua história e cultura próprias (e distantes de nossa realidade), Segrillo irá desenvolver suas reflexões sobre a Guerra na Ucrânia em 2022.




MALIÉVITCH, Três Figuras de Mulher, 1930. Óleo sobre tela. 47 x 63,5

Museu Russo, São Petersburgo, Rússia

 

Angelo Segrillo, professor de História Contemporânea na USP. Doutor pela UFF, mestre em Língua e Literatura Russa pelo Instituto Púchkin e graduado pela Universidade Missouri State. É autor de vários livros sobre a Rússia e ex-União Soviética, dentre eles O Declínio da União Soviética: um estudo das causas (ed. Record), De Gorbachev a Putin (ed. Prismas) e Os Russos (ed. Contexto). Traduziu do russo o livro Que Fazer?, de Nikolai Tchernichevski (ed. Prismas).


[Esse post faz parte da série "VOCÊ SABIA...?", que traz perguntas e respostas dos autores que participam do livro.]

__________________________________________________________________________________


Isso e muito mais você encontrará em nosso livro ENSAIOS SOBRE A GUERRA Rússia Ucrânia. Uma discussão fundamental para pensar o trágico conflito no Leste Europeu que coloca em risco a já precária "paz mundial".


Nosso livro, organizado por Bruno Gomide e Neide Jallageas, reúne ensaios teóricos de pesquisadores do Brasil e do exterior que se dedicam, há tempos, a estudar o mundo eslavo e, em particular da Rússia.


Conheça o projeto. Conheça os autores.


SEU APOIO É VITAL

A Kinoruss não é financiada por nenhuma instituição, empresarial ou governamental. Privilegiando um nicho de publicações pouco comerciais, faz uso do financiamento coletivo para realizar seus projetos e fazer com que os livros cheguem até você.


Por isso, o seu apoio e o apoio de todas as pessoas que conhecem e respeitam nosso trabalho, por meio dos financiamentos coletivos e pré-vendas de nossos livros É FUNDAMENTAL para que continuemos nosso trabalho. Você apoia nossas publicações e recebe a publicação apoiada quando ela sair da gráfica.


Para conhecer este projeto de financiamento coletivo do livro ENSAIOS SOBRE A GUERRA Rússia Ucrânia clique na imagem abaixo.



__________________________________________________________________________________


KAZIMIR SEVERÍNOVITCH MALIÉVITCH, autor das imagens que selecionamos para essa mensagem, nasceu em 1879 em Kiev, na Ucrânia e faleceu em 15 de maio de 1935 em Leningrado, Rússia. Um dos maiores expoentes das vanguardas soviéticas, um educador e artista revolucionário no mais amplo sentido, tem sido objeto de publicações da Kinoruss.


__________________________________________________________________________________

Você já deve estar sabendo que nosso livro ganhou o prestigioso LADAWARDS 2022, pelo design incrível de Maria Cau Levy e Júlio Mariutti.


VKHUTEMAS desenho de uma revolução foi escrito por Neide Jallageas e Celso Lima, editado por Priscila Marques e publicado pela Kinoruss.


Para você que acredita e confia em nosso trabalho e possibilitou a existência desse livro: MUITO OBRIGADA!

__________________________________________________________________________________


Visite nosso canal no YOUTUBE. Lá você encontra esse e outros vídeos.


Posts recentes

Ver tudo

Comentários


  • Facebook - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
bottom of page